sexta-feira, 5 de junho de 2009

PARARAM O FIGUEIRA NO SCARPELLI

Com gol de um ex-jogador do Figueira, Bruno Aguiar, o Guarani aprontou pra cima do Furacão em pleno Scarpelli. Após um primeiro tempo ativo, dinâmico, pra cima, porém sem precisão, não conseguiu alcançar a meta que foi chegar ao gol. As substituições não surtiram efeito e em consequência disso anulou as jogadas que estavam sendo armadas pela lateral, chegando na área do bugre com perigo. Faltou somente o gol, no entanto, algumas peças ainda não mostraram pra que vieram e assim continuam fazendo falta dentro de campo, principalmente na hora de pôr jogadores de chegada na cara do gol. Isso torna a máxima do futebol um ponto forte para quem joga em casa, quem não faz, leva! E não deu outra, uma desatenção momentânea na área alvinegra, uma bola alçada após uma falta que gerou um cartão, trouxe o fatídico gol e consequentemente a derrota mais uma vez dentro de casa para um time que veio e se defendeu o tempo todo. A única vez que atacou, fez um gol e venceu o jogo. Lucas, o garoto do Figueira falou tudo quando disse que o time teve que se expor no segundo tempo, acabou sofrendo o gol e isso traz frustração ao time que não consegue o resultado esperado dentro de casa e vai ter que resolver fora contra o Atl-go. Quanto ao resultado, Roberto Fernandes disse que um detalhe iria fazer a diferença e foi o que houve. Descompactação, desorganização e a própria ansiedade do Figueirense na visão do técnico favoreceu o Guarani. Sobre a meta traçada o descontentamento é visível, pois não foi atingido o percentual exigido e a insatisfação começa a fazer parte da rotina. Na adversidade, é preciso saber pressionar o adversário, sem perder a organização. O sistema de jogo usado não importa, o que importa é a postura individual de cada jogador dentro de campo no momento que entra para o jogo. Particularmente, no segundo tempo o bugre praticamente dominou o jogo depois dos 15 minutos e o Figueirense não se mostrou competente ao ponto de parar o time de Campinas.



3 comentários:

  1. se nossas pretenções é a Serie A teremos que melhora muito, se for ser Campeão teremos que investir muito mais, estamos fracos.

    ResponderExcluir
  2. lamentável, mais uma vez saí do Scarpelli decepcionado com o resultado, não com o time, merecíamos um resultado melhor.
    agora é torcer pra que o time consiga buscar os pontos fora de casa.

    ResponderExcluir
  3. AI FICA MUITO COMPLICADO PERDER OS PONTOS EM CASA

    ResponderExcluir